Kodex é notícia na ZH

A Kodex Express tem um papel importante durante a pandemia e agora também na logística de distribuição das vacinas. Os requisitos para o transporte ainda estão sendo definidos mas já começamos a nos preparar, pois além das temperaturas baixíssimas necessárias, há questões importantes de segurança envolvidas no processo.

Leia o conteúdo abaixo ou a matéria na íntegra: https://bit.ly/2Kw5ung

Da refrigeração à escolta, o que empresa gaúcha leva em conta para o transporte da vacina

Companhia elabora a cotação solicitada pelo governo de São Paulo para distribuição

Uma empresa de logística de Porto Alegre busca se habilitar para a distribuição da vacina do coronavírus. A Kodex Express já recebeu até um pedido de cotação do de São Paulo para o transporte da vacina a partir de um centro de distribuição naquele Estado.
– Mas essa é apenas a ponta do iceberg. A necessidade logística será muito grande – diz o sócio da Kodex, Alexandre Kieling.
E terá que ser de rápida execução. Tanto que a solicitação da cotação ocorre enquanto ainda estão sendo definidos os requisitos para o transporte da vacina. Além das temperaturas baixíssimas necessárias, há questões importantes de segurança envolvidas no processo, enfatiza o empresário.
– Fala-se em veículos refrigerados, mas também são necessários recipientes especiais que mantenham as baixas temperaturas. É preciso, ainda, pensar uma solução logística que não envolve paradas muito longas dos veículos. Sem falar que, provavelmente, precisarão de escolta – acrescenta Kieling.